O primeiro desfile totalmente digital.

25 de maio de 2020


A corrida espacial ocorreu na segunda metade do século XX. Começou com o lançamento do satélite artificial soviético Sputnik 1, em 4 de outubro de 1957. Desde então os EUA e a União Soviética entraram em uma disputa de poder e dominação do espaço que ficou conhecido como corrida espacial durante a Guerra Fria .


O desenvolvimento de tecnologia sempre foi caráter e sinônimo de poder. Um poder exercido pelo dominador (detentor da tecnologia) e dominado (visto de modo inferior pela sua falta de desenvolvimento tecnológico).


Essa disputa de poder pautada pelo desenvolvimento ocorre há milhares de anos durante a história, a tecnologia na história da antropologia se apresenta com várias facetas. A princípio a dominação era através das armas, depois veio a expansão territorial, os primeiros europeus a chegarem no continente americano e africano. Avanços no campo da ciência, da comunicação, nos transportes descrevem a história da nossa espécie. O mundo humano sempre mediu o progresso e o avanço pelo seu caráter material e tecnológico.


Nos anos 60 a conquista a ser buscada era do espaço com a corrida espacial, o suprassumo tecnológico. Mas atualmente, nas últimas décadas a conquista é por um outro espaço, um espaço não físico e invisível, conhecido como internet. Além do controle e do desenvolvimento da inteligência artificial que aparece como forte candidato para demonstração de poder, a internet é um território extremamente requisitado não somente por governos e instituições, mas também por pessoas comuns e empresas.


E com a moda não seria diferente, após a pandemia gerada pelo COVI-19 a disputa no mundo fashion ficou pautada em quem faria o primeiro desfile digital e quem seria aquele que traria soluções e revoluções para o mundo da moda em tempos de crise como essa.


Hanifa


Um momento histórico para a moda e sociedade acontece, o primeiro desfile virtual foi lançado pela marca Hanifa no dia 22 de maio de 2020. Uma coleção apresentada inteirinha pela mídia digital e realizada em 3-D. Uma grande mudança marca o ano de 2020 e essa mudança é fruto da pandemia que o mundo inteiro vive. A moda com certeza se comunicará de maneira diversa e a sua transformação será cada vez maior nas próximas décadas. O discurso não será mais pautado apenas na alteração estética do design, mas existirá uma competição feroz no meio digital. Embora o território digital seja democrático, ele demanda estratégias e recursos para tal demonstração de poder e sucesso.


Confira um trecho do desfile:





Sim, as mudanças estão acontecendo, o mundo já está se adaptando a uma nova realidade e a presença dos meios digitais será cada vez maior e dará cada vez mais força para aqueles que já utilizam desta tecnologia. A corrida será totalmente cibernética.

A estilista Anifa Mvemba, dona e criadora da marca Hanifa, com certeza entrou para história após a sua inovação. A marca já tinha como valor a diversidade e era dedicada principalmente a criar espaço para mulheres negras.


Após utilizar a renderização 3D em seu desfile, um novo conceito é criado na esfera da moda, o uso de modelos 3D no desfile oferece uma maneira diferente para os consumidores acessarem as roupas. “Com um modelo digital, você determina as medidas e o que faria com que o modelo parecesse mais realista", diz Anifa. "Sem mulheres reais para se inspirar, não haveria modelos 3D para imitar nossos belos tons de pele, curvas e padrões de caminhada. Para mim, o maior desafio é garantir que a beleza que exibimos na vida real esteja bem representada na tela. ”


Hanifa


As mudanças drásticas norteiam uma época e ressignificam a sua história. Com certeza esse foi o primeiro de muitos desfiles digitais. Um espaço democrático foi criado. Não é mais necessário investir grande quantia para realizar uma coleção, bastará apenas uma boa equipe de designers gráficos. A democratização da moda se da ao espaço de fala gerado por aqueles que nunca tiveram oportunidade de se manifestar e após esse momento todos os designers terão o seu lugar ao sol. A concorrência será grande, mas mudanças positivas acontecerão, como a democratização dos desfiles e também menos desperdício. A visibilidade na internet será cada vez mais disputada e o sucesso será daqueles que conseguirem perpetuar os seus 15 segundos de fama. Agora mais do que nunca, além de ser plataforma de exposição, o mundo digital será a alternativa para várias empresas.



Confira o site da marca: https://hanifa.co/

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo